(67) 3341-2151 // (67) 3341-2696 Rua Raul Pires Barbosa, nº 116 - Miguel Couto CG-MS
PECUÁRIA | 02/05/2019 às 12h29

MS lança vacinação contra a Febre Aftosa para imunizar 21 milhões de animais

Com meta de imunizar 21 milhões de animais entre bovinos e bubalinos, a Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa foi aberta oficialmente nesta quinta-feira (02), com uma solenidade que reuniu autoridades na fazenda Embriza, em Campo Grande. Produtores deve estar atentos às novas regras sobre a dose e aos prazos.

 

Presidente do Sindicato Rural de Campo Grande, Alessandro Coelho, destacou que a abertura oficial é importante para conscientizar produtores a chegar à cobertura vacinal mais abrangente possível. “Os produtores têm sido bem assíduos e se tudo correr bem, em 2021 estaremos livres da vacinação. Mas para isso, precisamos manter bons índices de imunização neste e no próximo ano”, destacou.

 

Representando o governador Reinaldo Azambuja, o secretário-adjunto da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), destacou que o Governo do Estado tem adotado medidas para o fim da obrigatoriedade da vacina, entre elas a atualização do Cadastro da Agropecuária e do Estoque de Animais Bovinos e Bubalinos.

 

“Essa atualização é uma das exigências do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para a retirada da vacina em 2021. Integra o PNEFA (Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa) e pode abrir mercados e influenciar positivamente no crescimento da economia de Mato Grosso do Sul”.

 

A principal mudança da campanha deste ano é o uso da vacina de 2 ml. O MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) mudou a composição da vacina e proibiu a comercialização e uso da dose vacinas bivalentes e trivalentes de 5 ml.

 

De acordo com a Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) com a nova vacina a tendência é de ocorrer menos reações nos animais (caroços e inchaço), além de que o frasco menor ocupa menos espaço e facilita o transporte, reduzindo o custo de refrigeração.

 

Na Fronteira e no Planalto a imunização deve ocorrer até 31 de maio, enquanto que produtores do Pantanal têm até 15 de junho para terminar a vacinação. O Registro obrigatório da vacinação deve ser feito no site www.iagro.ms.gov.br. Mais informações sobre a vacinação, a Iagro disponibiliza o Disk Aftosa 0800-679120.

 

 

Priscilla Peres

Agro Agência

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas

Produtor, cadastre e receba novidades
Cadastre-se e receba novidades
Imprensa, cadastre e receba novidades
Cadastre-se e receba novidades