(67) 3341-2151 // (67) 3341-2696 Rua Raul Pires Barbosa, nº 116 - Miguel Couto CG-MS
POLITICA | 19/01/2019

No Sindicato Rural, Tereza Cristina ouve demandas de cooperativas de leite

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Tereza Cristina esteve no Sindicato Rural de Campo Grande neste sábado para ouvir as demandas dos produtores e cooperativas de leite de Mato Grosso do Sul e falar sobre as estratégias para fortalecer o setor. O presidente Ruy Fachini Filho recepcionou a também diretora do Sindicato Rural.

 

“É uma honra muito grande receber nossa ministra que também é nossa diretora. Os desafios do setor são muito grandes, como ela colocou, o custo de produção do leite é muito alto e através do associativismo e cooperativismo podemos ajudar muito. A assistência técnica, planejamento e linhas de crédito agregam muito e são alternativas para melhorar a cadeia produtiva, com cada um fazendo a sua parte teremos muitos ganhos”, disse o presidente Ruy Fachini.

 

A ministra ressaltou que o leite representa uma parte da economia muito forte do Mato Grosso do Sul, mas também está ligado a parte social. “Temos pequenos agricultores que têm o leite como sua renda mensal. É um setor que precisa se organizar, precisa ter uma política pública para que deixe de ter o sobe e desce de preço, como acontece hoje, e precisamos qualificar e tecnificar esse produtor, além de facilitar a vida dele”, disse Tereza Cristina.

 

Diretor do Sindicato Rural e presidente do Conseleite (Conselho Paritário de Produtores e Indústrias de Leite), Wilson Igi, apresentou as demandas do setor, entre elas preço, produtividade, mercado externo e as cooperativas. Já o diretor-presidente da Cresol (Cooperativa de Crédito de Glória de Dourados), Olacio Mamoru Komori destacou que a cooperativa é uma forma de organizar os problemas dos produtores. “Mas nós também temos dificuldades que precisam ser resolvidas, com diálogo e construção de propostas”.

 

Representando o Governo do Estado, o titular da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), secretário Jaime Verruck anunciou que a Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) terá um laboratório de qualidade de Leite, para desenvolvimento de pesquisas e que estará à disposição do setor.

 

“O Brasil colocou o leite como produto estratégico e a ministra deixou muito claro que a estratégia do governo hoje não é mais de tutela, as soluções têm que ser apresentadas. O produtor rural tem que fazer parte da solução junto com os Governos. Terminamos a reunião de forma totalmente positiva, entendendo a linha do Ministério da Agricultura e mostrando que está muito próxima a do Governo do Estado. Não há dúvidas de que o cooperativismo é o caminho para a solução da agricultura familiar do MS”, disse o secretário Jaime Verruck.

 

Agro Agência Assessoria

67 9 9239-6369

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas

Produtor, cadastre e receba novidades
Cadastre-se e receba novidades
Imprensa, cadastre e receba novidades
Cadastre-se e receba novidades