(67) 3341-2151 // (67) 3341-2696 Rua Raul Pires Barbosa, nº 116 - Miguel Couto CG-MS
PECUÁRIA | 20/02/2019

Dinapec: Fachini destaca impacto das novas pastagens na conta do pecuarista

Durante o primeiro dia da 14ª Dinapec (Dinâmica Agropecuária), realizada pela Embrapa Gado de Corte e Sistema Famasul, o presidente do Sindicato Rural de Campo Grande, Ruy Fachini Filho, destacou o potencial das novas pastagens na contabilidade das propriedades rurais. A feira de tecnologias para agropecuária foi aberta nesta quarta-feira (20) e segue com programação até a sexta-feira (22).

 

“Anualmente a Embrapa lança diversas novas alternativas tecnologias que impactam diretamente no bolso do pecuarista. São alternativas rentáveis e produtivas”, destaca Fachini. Com a Dinapec o produtor recebe em tempo real todas essas informações, que somadas a investimentos são capazes de contribuir com maiores produtividades”, completa.

 

Já o diretor do Sindicato Rural de Campo Grande e presidente eleito, que tomará posse no mês de março, Alessandro Coelho, afirma que além de contribuir para os avanços produtivos, a Dinapec se tornou um canal direto entre pesquisadores e produtores rurais.

 

“É de fundamental importância uma feira como a Dinapec, tendo em vista que a pecuária tem sido um setor que passado por dificuldades. Precisamos de alternativas para buscar maior eficiência e diminuir custos”, sinaliza Coelho. “O produtor não só aprova a iniciativa, como se faz presente para ver essas novas tecnologias, tem muitos produtos e variedades novas de forrageiras e sistemas de cultivos que ampliam a produção”.

 

Coelho ainda destaca o potencial de networking. “Os relacionamentos também são extremamente importantes, principalmente com os pesquisadores, por que existe muita carência de informação no campo e aqui temos os espaços de experimentação. Então melhor do que experimentar e errar na nossa propriedade, é vermos os experimentos que deram certo para aplicarmos”.

 

O presidente da Famasul, Mauricio Saito, reforçou que o setor produtivo adere novas tecnologias e é exemplo de sustentabilidade: “O Centro-Oeste responde por 50% da produção de grãos e 45% da produção de carne bovina do Brasil. Isso demonstra claramente a importância da comunidade cientifica e do empreendedorismo para o desenvolvimento do setor. Nosso estado é referência em produção e produtividade, baseado na sustentabilidade e a Dinapec é um evento que oportuniza ao produtor rural o acesso a novas tecnologias de produção", afirmou o presidente, acrescentando que, entre as iniciativas que o Senar/MS apresentará no evento, está a oficina de drones: “inovação muito utilizada hoje em dia”.

 

O chefe geral interino da Embrapa Gado de Corte, Ronney Mamede, falou da trajetória do evento. “O setor vem se destacando ano após ano. As exportações do setor, por exemplo, finalizaram 2018 com recordo nominal de 101 bilhões de dólares, colocando o setor em posição de destaque. O agro representa 24% do PIB – Produto Interno Bruto, do País”.

 

Agro Agência Assessoria - Diego Silva

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas

Produtor, cadastre e receba novidades
Cadastre-se e receba novidades
Imprensa, cadastre e receba novidades
Cadastre-se e receba novidades